Esmalte em gel, como usar? Benefícios, riscos e diferenças para o comum

Primeiramente, se você também é apaixonada por esmalte já deve ter ouvido falar do esmalte em gel e de seus vários benefícios. Inclusive, quem já usou garante que sua principal vantagem é que ele tem uma durabilidade muito maior que os esmaltes comuns.

Ou seja, ele já ganhou muitos pontos por isso né? Até porque, quando vamos à manicure, esperamos que os nossos esmaltes durem o maior tempo possível, sem dascançar.

Para quem sonha com as unhas perfeitas por mais de uma semana (bem mais, aliás), o esmalte em gel, portanto, é uma ótima pedida. E, devagarzinho ele está chegando no Brasil com muita variedade.

Basicamente, além de garantir mais brilho para as unhas, o esmalte em gel pode durar mais de 10 dias intacto. Aliás, ele é bem resistente às essas atividades do dia a dia.

E, certamente, você não precisa estar usando alongamentos de unhas para usá-lo. Isso porque o esmalte em gel pode ser aplicado também em unhas naturais. Contudo, no caso de unhas de gel, fibra ou porcelana, a durabilidade é ainda superior.

Além do mais, muitas mulheres afirmam que o esmalte em gel pode ajudar a alongar as unhas, ou mais ou menos isso. Porque, na verdade, o que ele garante é um “empurrãozinho” para que elas cresçam naturalmente, deixando-as mais rígidas.

Outra característica vantajosa desse produto é o fato de que ele seca rápido. Ou seja, você já sai do salão com as unhas secas, e sem risco de borrar ou danificar a pintura.